Previna seu filho das doenças típicas desta época!

abril 08, 2016

O outono vem acompanhado de espirros, tosses e outras complicações. Saiba como proteger os pequenos!

Dicas de prevenção das doenças típicas de outono.

Dicas de prevenção das doenças típicas de outono.

Esta época do ano é aquela em que os pequenos mais sofrem com as alterações climáticas, época em que os hospitais ficam cheios e os vírus circulam, prejudicando a saúde dos nossos filhos.
A gripe H1N1 tem ganho destaque neste assunto que tanto preocupa os pais, além das alergias, resfriados e outras complicações respiratórias, causadas por vírus que se propagam com maior facilidade no tempo seco do outono.
Doenças respiratórias e resfriados são mais comuns nesta época.

Doenças respiratórias e resfriados são mais comuns nesta época.

O pediatra e homeopata Moisés Chencinski afirma que a gravidade não está no tipo de vírus, mas principalmente, no organismo do “hospedeiro”, em seu sistema imunológico.
Para os recém nascidos, que naturalmente tem a imunidade mais baixa e a vacina só pode ser aplicada a partir dos 6 meses de vida, vale a imunização dos pais e o aleitamento materno!
O pediatra ressalta também que “Há duas vacinas, a trivalente, dada nos postos de saúde, protege contra dois tipos de influenza A e um tipo de influenza B. Já a quadrivalente, administrada nas clínicas particulares, protege contra dois tipos de influenza A e dois tipos da B”. E vale lembrar que a vacina leva de 3 a 4 semanas para fazer efeito.
Outros cuidados também são recomendados (e não só no outono, mas como hábito cotidiano ao longo do ano). Deve-se orientar as crianças a utilizar o álcool em gel, lavar de maneira adequada as mãos, manter as vacinas atualizadas e se alimentarem bem!
Orientações para correta higiene da mão!

Orientações para correta higiene da mão!

Algumas crianças também aceitam bem reforços a imunidade com a ingestão de vitamina C e extrato de própolis.
Evitar ambientes fechados com ar condicionado, aglomerações e hidratar as vias respiratórias com soro fisiológico também são práticas eficazes!
Caso a criança apresente sintomas de viroses, como febre, mal estar, tosse intensa e náuseas, suspenda momentaneamente sua rotina escolar e comunique seu pediatra!
Não hesite em contatar o pediatra de seu filho!

Não hesite em contatar o pediatra de seu filho!

Acompanhe o calendário de vacinas e os grupos atendidos:
  • 11 de abril: podem ser vacinadas crianças com mais de seis meses e menos de cinco anos, gestantes e idosos da capital e Grande São Paulo.
  • A partir do dia 18 de abril serão vacinados puérperas, doentes crônicos, indígenas, funcionários do sistema prisional e presos.
  • Para as demais localidades, a campanha começa em 30 de abril e vai até 20 de maio.
Mantenha as vacinas em dia!

Mantenha as vacinas em dia!

As crianças que tomam a vacina pela primeira vez precisam de duas doses, com intervalo de um mês.
Cuidem-se e cuidem dos pequenos! Fica a nossa dica!!

Fonte: Uol Estilo de Vida.

Leave a reply
Teimosia na hora do banho, como reverter?O papel dos pais na educação financeira.

Leave Your Reply