O impacto da tecnologia na família contemporânea

abril 19, 2016

O quando esses facilitadores podem estar prejudicando seu convívio com a família?

Crianças sentem falta de atenção em função de recursos tecnológicos.

Crianças sentem falta de atenção em função de recursos tecnológicos.

Uma pesquisa da revista infantil norte-americana Highlights revelou que 62% das crianças reclamam que os pais estão distraídos demais para ouvi-los e o grande motivo está nos celulares, tablets, televisão e aparelhos similares, o que causou o distanciamento de 51% das famílias entrevistadas.

Atualmente, o celular é como uma extensão das pessoas que carregam o aparelho em todos os ambientes o dia inteiro e se mantém conectadas, esquecendo, muitas vezes, do mundo real que a cerca. A prioridade tem sido conferir a tela e não ouvir a ultima novidade que seu filho conta sobre a escola.

As crianças, como já relatado em vários posts, são grandes observadoras e refletem o comportamento dos pais. Elas não largam o tablet? Aí se encontra um ponto que chama a atenção para seu próprio comportamento no que se refere a esses recursos da vida moderna.

Você se sente perdido sem o tablet no carro para distrair as crianças?

Você se sente perdido sem o tablet no carro para distrair as crianças?

A Sociedade Brasileira de Pediatria aconselha que o tempo total que seu filho pode passar em frente às telas não exceda duas horas por dia, sendo que dentro de casa, o período não ultrapasse de 30 a 40 minutos. Cabe aos pais oferecer recursos para entreter seus pequenos. Jogos, brincadeiras, conversas animadas, o auxílio na tarefa de casa, manter uma relação próxima, um passeio, uma ajudinha nas tarefas de casa, e por aí vai.

O carinho entre pais e filhos, um abraço e saber como foi o dia não são substituíveis por mensagens de texto e aparelhos. A tecnologia pode agregar e não subtrair e os pais devem ter controle sobre essa situação. A frequência de uso destes recursos deve ser dosada e quando há possibilidade da família compartilhar um momento de união, ele deve ser aproveitado ao máximo e no modo offline!

Fonte: Revista crescer

Leave a reply
Programação para a FamíliaOs limites a serem impostos em cada fase da vida de seu filho

Leave Your Reply