Bebês e crianças na primeira infância consumirem açúcar

abril 06, 2017
  • Bebês e crianças na primeira infância consumirem açúcar

    Crianças com menos de dois anos não devem consumir nenhum açúcar adicionado. Ao iniciarmos a introdução alimentar após a amamentação, a criança ainda está formando o paladar. O paladar da criança é diferente na primeira infância, na segunda, na adolescência e assim por diante. O que introduzirmos neste primeiro momento interfere em todo resto, pois o paladar é extremamente adaptável. A introdução do açúcar deve ocorrer de forma natural com frutas ou por meio do próprio leite. Quando sensibilizamos o paladar, enchendo as refeições de açúcar, a chance de sentir os sabores mais sutis e suaves é muito menor, É preciso ensinar os sabores naturais dos alimentos e não apurar seu paladar para preparações mais adocicadas.
  • O consumo exagerado durante a infância aumenta os riscos de cáries, diabetes, dificuldade de concentração (maior agitação) e de sono, desenvolvimento de doenças cardíacas durante a fase adulta, já que eleva a propensão à obesidade e hipertensão.
    O consumo de açúcar em qualquer fase da vida não deve ultrapassar 2% do total de calorias ingeridas ao dia. Todos os alimentos fontes de carboidratos transformam-se em glicose no final da digestão. Assim, o ideal é evitar o açúcar de adição consumido em alimentos industrializados, como doces, sorvetes, refrigerantes, bolos, etc…
    Veja mais dicas em:
    Instagram: @viverbemamandagatte
    https://www.facebook.com/viverbemamandagatte/?fref=ts
Alimentação InfantilProgramação para o Fim de Semana